sexta-feira, 6 de junho de 2008

Não tive a sorte de conseguir adaptar as minhas roupas de sempre ao meu corpo de grávida. Já tinha feito uma revisão no armário, e, achava eu, haveria muita coisa que conseguiria usar. Mas os vestidinhos evasés por baixo do decote, embora me sirvam na barriga, ficam-me apertados no peito e as t-shirts ficam-me a meio da barriga, quando a minha barriga ainda nem vai a meio. A roupa de grávida não é lá muito bonita e é muito limitada: nas outras lojas, há sempre novidades, nas lojas de roupa de grávida a roupa é (pelo menos, parece) sempre a mesma. Ontem, tanto pesquisei, que consegui encontrar umas roupas giras e coloridas nas lojas de roupa normal, e pude finalmente deixar de lado o raio da túnica preta comida pelas traças que vesti, nestes últimos meses, vezes sem conta.

4 comentários:

Inês disse...

Temos de ir às compras :)

charlote disse...

:)

dora disse...

É lixado, é. Mas quando a barriga crescer mais, a roupa de grávida vai assentar melhor. E vais gostar de te ver com a barriga redondinha nas túnicas e nas camisolas compridas. Depois do parto, vais sentir-te feliz se conseguires vestir alguma coisa onde caibam as mamas.
Tu vais resolver bem o problema roupa, não tenho dúvidas!

charlote disse...

Acho que, muito antes do parto, vou dar-me por satisfeita por encontrar alguma coisa onde meter as mamas... e, mais do que a barriga, é esse o meu problema neste momento